"Esvaziou-se a si mesmo..." (Flp 2,7)

Tuesday, 16 October 2018

  • Slide image one
  • Slide image two
  • Slide image three
RCC
Rede Nacional de Intercessão: Deus procura intercessores PDF Imprimir E-mail

IntercessaoO que faz de “simples” filhos de Deus, pessoas que se sintam impelidas a permanecer na brecha, ou seja, a interceder, por outros? O que as faz ter autoridade e poder diante do Senhor?

Na história da salvação Deus sempre se revelou àqueles que O buscavam e assim proclamava Sua santidade. O Senhor fazia esse chamado ao seu povo e àqueles que deveriam estar à frente deles (cf. Lv 11,44;19,2;20,26), sendo ungidos pelo Seu Espírito para a missão de conduzi-los e governá-los quer fossem sacerdotes, reis, profetas ou juízes.

Jesus Cristo, então, vem ratificar que a santidade não é uma opção, mas uma imposição do Evangelho (cf. Mt 5, 48). Nós que somos o povo da nova e eterna Aliança, pelos méritos de Cristo e através do Batismo sacramental, devemos responder a vocação universal de todo o batizado. Para tanto, o Espírito Santo nos capacita e nos dá condições de buscarmos a santidade no dia a dia de nossa vida, de maneira bem real e humana.

 
Papa Francisco ao povo da Renovação Carismática Católica PDF Imprimir E-mail
Papa RCC
37ª Convocação Nacional da Renovação Carismática Católica
Domingo, 1º de junho de 2014

Queridos irmãos e irmãs !
Eu os agradeço pela acolhida. Certamente alguém falou para os organizadores que eu gosto muito dessa música, “Vive Jesus, o Senhor”. Quando eu celebrava na catedral de Buenos Aires a Missa com a Renovação Carismática, após a consagração, e depois de alguns segundos de adoração em línguas, cantávamos esta canção com tanta alegria e com força, como vocês cantaram hoje. Obrigado! Senti-me em casa!
 
"O Espírito Santo nos convida à unidade" PDF Imprimir E-mail

RNS2014Roma, 03 de Junho de 2014 - Uma grande festa da fé em um contexto e em um clima 'esportivo'. O 37° Encontro da Renovação Carismática foi uma resposta para a exortação do Papa Francisco para uma Igreja "em saída", desde o início de seu pontificado.

O próprio Santo Padre respondeu positivamente ao presidente nacional da RNS (Rinovamento nello Spirito), Salvatore Martinez, que em setembro passado fez o convite.

O encontro de dois dias que terminou ontem à noite marcou uma tripla novidade: primeira Convenção Nacional, em Roma, a primeira em um estádio, na presença de um Papa.

Entre música, dança, testemunhos, oração de efusão, o evento aconteceu como nos anos anteriores em Rimini, mas em um ambiente extraordinário que multiplicou a intensidade de cada momento.

Nas arquibancadas do Estádio Olímpico, quase lotado, apenas uma das arquibancadas permaneceu vazia, não faltaram ‘olas’ e bandeiras, de um lado bandeiras amarelas e do outro brancas, recordando as cores do Vaticano.

 
Grupo de Oração PDF Imprimir E-mail

seminariodedons-kenosis

Grupos de Oração transbordantes do Espírito! Grupos transbordantes de Amor. Grupos transbordantes dos Carismas. Nossos Grupos são chamados a ser assim! Alguns elementos são essenciais para que vivamos dessa forma, e assim, cumpramos a Missão confiada à RCC pelo Senhor, de levar todos à experiência do Batismo no Espírito Santo.

 

Um Grupo de Oração cheio do Espírito Santo é aquele em que se vive a experiência de Pentecostes em cada reunião. Somos apóstolos do Espírito Santo e embaixadores da Cultura de Pentecostes. O Grupo de Oração cheio do Espírito é aquele que realiza o que é chamado a ser: um lugar de encontro, festa, oração, partilha, meditação da Palavra e relacionamento com os irmãos.

O Espírito Santo nos chama e congrega no Grupo de Oração. Reunimo-nos em Nome do Senhor Jesus, e, juntos como irmãos, louvamos a Deus Pai que nos criou e nos enviou Jesus para nos salvar e redimir de todos os nossos pecados.

O Grupo de Oração é a célula fundamental da RCC e sua expressão máxima, sendo composto por três momentos: o Núcleo de Serviço, a Reunião de Oração e o Momento de Perseverança.

 
Experiência do Espírito Santo, base para uma Cultura de Pentecostes PDF Imprimir E-mail

Espirito Santo02Não podemos imaginar a fé cristã apenas como o recebimento de um belo discurso ou de experiências alheias que nos foram transmitidas. É preciso considerar que o testemunho de fé provoca no ouvinte uma profunda comoção (cf. At 2,37) e é essa experiência do Espírito que, por sua vez, leva à conversão e ao batismo (At 2,38).

Heribert Mühlen define experiência como sendo “o conhecimento adquirido no múltiplo contato com os homens e coisas, em oposição ao conhecimento meramente livresco. Experiência se dá sempre pelo contato imediato, proporcionado pelos sentidos, em oposição ao conhecimento que adquirimos através dos outros, por leitura ou por ouvir dizer”.

Realmente, uma coisa é ouvir alguém descrever a beleza de um jardim florido; outra coisa é entrar num jardim, ver a beleza das flores e sentir os seus perfumes.

Ao dizer que o Espírito vai nos “lembrar” tudo o que fora dito por Jesus (Jo 14,26), Mühlen defende que “lembrança” significa tornar novamente presente, atualizando o fato.

“Não se trata de um salto de volta, não-histórico, numa Igreja primitiva idealizada, e sim da abertura para o fato maravilhoso de que o Espírito Santo desce sobre nós, aqui e agora, da mesma forma experimentável que Ele, ‘no princípio’, desceu sobre os Apóstolos, Maria e os demais que estão mencionados na história pentecostal de Lucas (At 11,15)”.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 Próximo > Fim >>

Página 2 de 3