"Esvaziou-se a si mesmo..." (Flp 2,7)

Wednesday, 24 October 2018

  • Slide image one
  • Slide image two
  • Slide image three
Santa Sé
Papa Francisco: "Nesta semana, será bom olhar para o crucifixo" PDF Imprimir E-mail

Papa12Cidade do Vaticano, 

Durante a Audiência Geral desta quarta-feira, 16 de abril, o Santo Padre Francisco destacou em sua catequese a liturgia do dia, que narra a traição de Judas, o início da Paixão de Cristo. Eis o texto na ítegra:

Caros irmãos e irmãs, bom dia!

Hoje, no meio da Semana Santa, a liturgia nos apresenta um episódio triste: a história da traição de Judas, que vai até os líderes do Sinédrio para mercantilizar e entregar a eles o seu Mestre. “Que me dareis se vos entregar Jesus?”. Cristo, nesse momento, tem um preço. Este ato dramático marca o início da Paixão de Cristo, um caminho doloroso que Ele escolhe com liberdade absoluta.

 
Pregação de Frei Cantalamessa ao Papa Francisco e aos membros da Cúria PDF Imprimir E-mail
Raniero Cantalamessa01Cantalamessa propõe jejum de internet. A quaresma começa todos os anos com a narração de Jesus que se retira para o deserto por quarenta dias. Nesta meditação introdutória queremos tentar descobrir o que foi que Jesus fez neste tempo, quais são os temas presentes na narração evangélica, para aplica-los à nossa vida.
 
1. “O Espírito conduziu Jesus ao deserto”
 
O primeiro tema é o do deserto. Jesus acabou de receber, no Jordão, a investidura messiânica para evangelizar os pobres, curar os quebrantados de coração e pregar o reino (cf. Lc 4, 18s). Mas não se apressa para realizar nenhuma dessas coisas. Pelo contrário, obedecendo a um impulso do Espírito Santo, se retira no deserto onde permanece quarenta dias. O deserto em questão é o deserto da Judéia, que se estende a partir de fora das muralhas de Jerusalém até Jericó, no Vale do Jordão. A tradição identifica o lugar com o assim chamado Monte da Quarentena situado em frente ao Vale do Jordão.
 
Papa Francisco: "Fez-Se pobre, para nos enriquecer com a sua pobreza" PDF Imprimir E-mail
Papa Santa Marta01Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2014

CIDADE DO VATICANO, 04 de Fevereiro de 2014 - Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2014. 

 

Fez-Se pobre, para nos enriquecer com a sua pobreza (cf. 2 Cor 8,9)

****
Queridos irmãos e irmãs!

Por ocasião da Quaresma, ofereço-vos algumas reflexões com a esperança de que possam servir para o caminho pessoal e comunitário de conversão. Como motivo inspirador tomei a seguinte frase de São Paulo: « Conheceis bem a bondade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, Se fez pobre por vós, para vos enriquecer com a sua pobreza » (2 Cor 8,9). O Apóstolo escreve aos cristãos de Corinto encorajando-os a serem generosos na ajuda aos fiéis de Jerusalém que passam necessidade. A nós, cristãos de hoje, que nos dizem estas palavras de São Paulo? Que nos diz, hoje, a nós, o convite à pobreza, a uma vida pobre em sentido evangélico?

 
Papa Francisco: "A festa da Apresentação de Jesus ao Templo é chamada também de festa do encontro" PDF Imprimir E-mail

Papa10Homilia do Papa na Festa da Apresentação do Senhor e Dia Mundial da Vida Consagrada

Cidade do Vaticano,  - Neste domingo, o Papa Francisco celebrou a Santa Missa na Basílica Vaticana por ocasião da Festa da Apresentação do Senhor. A data também é dedicada ao Dia Mundial da Vida Consagrada. Apresentamos a seguir a homilia do Santo Padre.

***

A festa da Apresentação de Jesus ao Templo é chamada também de festa do encontro: na liturgia, no início se diz que Jesus vai ao encontro do seu Povo, é o encontro entre Jesus e o seu povo; quando Maria e José levaram o seu menino ao Templo de Jerusalém, acontece o primeiro encontro entre Jesus e o seu povo, representado pelos dois anciãos Simeão e Ana.

 
Papa Francisco: “As pessoas consagradas são sinal de Deus nos diversos ambientes da vida” PDF Imprimir E-mail

Papa11Cidade do Vaticano, 02 de Fevereiro de 2014 - As palavras do Papa Francisco pronunciadas antes da oração mariana do Angelus.

***

Queridos irmãos e irmãs, bom dia,

Hoje celebramos a festa da Apresentação de Jesus no templo. Nesta data, ocorre também o Dia da Vida Consagrada, que sublinha a importância para a Igreja de quantos acolheram a vocação a seguir Jesus de perto no caminho dos conselhos evangélicos. O Evangelho do dia conta que, quarenta dias depois do nascimento de Jesus, Maria e José levaram o Menino ao templo para oferecê-lo e consagrá-lo a Deus, como prescrito pela lei judaica.  Este episódio evangélico constitui também um ícone da doação da própria vida por parte daqueles que, por um dom de Deus, assumem os traços típicos de Jesus casto, pobre e obediente.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 Próximo > Fim >>

Página 4 de 7