"Esvaziou-se a si mesmo..." (Flp 2,7)

Tuesday, 16 October 2018

  • Slide image one
  • Slide image two
  • Slide image three
Consagração de 21 membros na Comunidade Kénosis

altar-kenosis-2013No dia 12 de junho de 2013 aconteceu na Comunidade Kénosis a Consagração de vinte e um membros da Comunidade. Na celebração presidida por Padre Nilso Motta, diretor espiritual, os membros consagrados - agora "Discípulos Missionários Kénosis" - receberam as "Orientações Gerais" da Comunidade e o Cruz da Renovação (sinal dos membros), assumindo o compromisso de viver o carisma Kénosis, sendo "tudo para todos" (1Cor 9,22).

 
Nada vos perturbe!

Kénosis, 19 de janeiro de 2013.

"13 Em todo o pretório e por toda parte tornou-se conhecido que é por causa de Cristo que estou preso. 14 A maior parte dos irmãos, ante a notícia das minhas cadeias, cobrou nova confiança no Senhor e maior entusiasmo em anunciar sem temor a palavra de Deus. 15 É verdade que alguns pregam Cristo por inveja a mim e por discórdia, mas outros o fazem com a melhor boa vontade. 16 Estes, por caridade, sabendo que tenho por missão a defesa do Evangelho; 17 aqueles, ao contrário, pregam Cristo por espírito de intriga, e não com reta intenção, no intuito de agravar meu sofrimento nesta prisão. 18 Mas não faz mal! Contanto que de todas as maneiras, por pretexto ou por verdade, Cristo seja anunciado, nisto não só me alegro, mas sempre me alegrarei. 19 Pois sei que isto me resultará em salvação, graças às vossas orações e ao socorro do Espírito de Jesus Cristo." (Filipenses 1,13-19)

Aos membros da Comunidade Kénosis, seguidores e seguidoras de Jesus Crucificado, a paz de Cristo!

 
HISTÓRICO

A Comunidade de Aliança Kénosis nasceu em 12 de janeiro de 2000, quando, depois de partilhar com D. Alberto Taveira, Rogério Soares, fundador, recebeu a orientação de contribuir no cuidado dos filhos espirituais da Igreja, corpo místico de Cristo, ajudando-os a alcançar o estado de maturidade do seguimento de Cristo, a santidade.

Depois de partilhar com alguns membros do Grupo de Oração esse anseio por santidade que já trazia no coração, iniciou-se um encontro semanal com o propósito de rezar e conhecer a vida dos santos da Igreja, bem como proporcionar um momento de partilha fraterna. O objetivo sempre foi muito claro:queremos viver nosso chamado à santidade! No início, esta expressão não foi bem compreendida na comunidade local, onde achavam absurdo um grupo de pessoas “declarar” explicitamente o seu empenho pela perfeição da própria vida. Mas estávamos seguros da inspiração do Espírito e procuramos obedecer a orientação de alcançar o estado de maturidade do seguimento de Cristo, a santidade. Depois descobrimos que o Vaticano II havia declarado a vocação universal à santidade como próprio da Igreja[1]. Em pouco tempo, o local onde nos reuníamos foi apelidado de “Casa de Santidade”, com certo tom de ironia, mas que não nos incomodava.

 
<< Início < Anterior 21 22 23 24 25 26 27 Próximo > Fim >>

Página 27 de 27