CAMINHO VOCACIONAL

A Comunidade Kénosis acolhe todos aqueles que desejam percorrer o caminho de santidade pela via kenótica. Para ingressar na vida da Comunidade e percorrer esse caminho, a Comunidade propõe um processo de formação organizado nas seguintes etapas: 1) Participação no Retiro Kénosis de Espiritualidade; 2) Etapa Vocacional; 3) Etapa Pré-Discipulado; 4) Vínculo Discipulado e 5) Vínculo Missionário Kénosis.

  O discernimento para acolhimento e permanência no caminho vocacional, em cada uma das etapas, é de responsabilidade do Conselho de Discernimento Vocacional (fundadores, equipe vocacional e formadores).

1) Retiro Kénosis de Espiritualidade

  A Comunidade Kénosis realiza, periodicamente, Retiros de Espiritualidade, com a finalidade de levar os participantes a uma experiência pessoal de conversão e intimidade com Jesus Cristo. O Retiro é a porta de entrada para aqueles que desejam participar do caminho vocacional da Comunidade. O tema, local e quantidade de participantes são definidos conforme planejamento anual da Comunidade.

2) Etapa Vocacional

  Período inicial de aproximação e relacionamento com os membros da Comunidade. Tempo propício para o primeiro contato com os fundamentos do carisma kénosis e para o estudo sobre vocação à vida comunitária.

3) Etapa Pré-discipulado

  Período de formação inicial daqueles que foram acolhidos para ingressar o processo de vinculação à Comunidade Kénosis. Durante essa etapa é oferecido ao candidato a possibilidade de conhecer o carisma kénosis, a espiritualidade e missão da Comunidade, a fim de ajudá-lo no discernimento de sua vocação. A vivência fraterna e os conteúdos formativos são essenciais para a compreensão do candidato a respeito de sua vocação.

4) Vínculo Discipulado

  Depois de professados os compromissos próprios do Vínculo Discipulado, o candidato passa a ser membro da Comunidade Kénosis e ingressa na principal etapa do processo formativo, tempo favorável para o amadurecimento da vocação kénosis. Durante esse período, o membro Discipulado se dedicará à oração, aos estudos e aos serviços da Comunidade.

5) Vínculo Missionário Kénosis

  Aprovado na etapa do discipulado, o membro é acolhido, professa os compromissos e é enviado como Missionário Kénosis para evangelizar. Sua missão específica constitui-se em viver como convém a santos (Ef 5,3), porque todos somos chamados à santidade, em virtude do batismo recebido; e porque “a santidade é a força mais poderosa para levar a Cristo o coração dos homens” (S. João Paulo II);esvaziar-se de tudo e de si mesmo(cf. Fl 2,7), porque a conformidade com a vontade divina depende de que nosso esvaziamento seja “total, sem condições, constante e irrevogável” (Sto. Afonso de Ligório);ser tudo para todos(cf. 1Cor 9,22), porque a missão evangelizadora exige que os missionários ofereçam a própria vida pela salvação das almas, e não apenas seus talentos humanos ou carismas especiais. A vida kenótica deve ser assumida com perfeição na Igreja, na família e na sociedade. De um Missionário Kénosis espera-se a doação total da própria vida onde Deus o colocou; fazer tudo para a glória de Deus (1Cor 10,31), pois, afinal, não servimos aos homens, mas Àquele que nos chamou a tão sublime vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *